Biblioteca Mário de Andrade reinaugurada

No Gravatar

Em comemoração à reinauguração da Biblioteca Mario de Andrade haverá uma programação especial com visitas guiadas, lançamento de livros e shows. Em especial amanhã,  12 de fevereiro, haverá uma visita guiada para explicar todos os detalhes da requalificação pela qual o edifício da recém-reinaugurada Biblioteca Mário de Andrade passou antes de ser reaberto no centro de São Paulo, ocupando um prédio com mais de 12 mil m².

Breve cronologia

Foi fundada em 1926, a partir do acervo da Câmara Municipal de São Paulo, a BMA – Biblioteca Mário de Andrade e localizava-se na Rua 7 de Abril. Em 1942 foi transferida para o atual edifício, na Rua da Consolação, 94, projetado pelo arquiteto francês Jacques Pilon. Em 1960, a Biblioteca Municipal recebeu o nome do escritor Mário de Andrade. Em 2007, teve início o plano integrado de restauro e modernização da BMA, idealizado pelos arquitetos Renata Semin e José Armênio de Brito Cruz, do Piratininga Arquitetos Associados. Em 2010, a 1ª parte do projeto, que compreendia a Biblioteca Circulante, foi reaberta. Agora, em 25/jan/2011, a obra foi aberta em sua totalidade. Em julho parece que acabará a totalidade das obras com a entrega de um edifício anexo, onde ficará armazenado todo o acervo da biblioteca.

O projeto

O destaque do projeto fica com uma passarela de vidro completamente nova, construída na área externa do prédio. Para ser erguida em um edifício tombado pelo patrimônio histórico, a passarela que liga o Grande Hall da biblioteca, com entrada pela Rua da Consolação, à Biblioteca Circulante, na Av. São Luiz, foi aprovada pelo Conpresp e pelo Condephat.

A criação desta passagem externa evita que o freqüentador da Biblioteca Circulante acesse sem necessidade o precioso acervo da BMA, interferindo nas condições necessárias do ar para a sua perfeita conservação. Além disso, a passarela e caracteriza-se como elemento paisagístico integrado à Praca Dom José Gaspar, que fica ao lado da Biblioteca.

Acervo

Conforme levantamento de 2002, o acervo atual da biblioteca é de mais de 3,3 milhões de itens documentais e mais de 327 mil livros disponíveis  – desses, 51 mil são considerados raros ou especiais e cerca de 250 mil exemplares passaram por desinfestação, num processo que utiliza nitrogênio para eliminar cupins e outros intrusos.

Informações sobre a visita guiada:

– Horário: das 10h às 12h30

– Ponto de encontro: Em frente a Biblioteca Mário de Andrade, Rua da Consolação, 94

– Preço: R$ 40

– Número de vagas: 40

– Informações: c/ Rodrigo pelo telefone 11.3078.2906 ou pelo e-mail arqtour@arqbacana.com.br

– Inscrições pelo site: www.arqbacana.com.br

Programação de palestras de shows:

12/2 – 15h às 17h – russos
Palestras: Boris Schnairderman e Tatiana Belinky
Show: Cantos sacros e profanos

19/2 – 16h às 18h – japoneses
Palestras: Jo Takahashi e Madalena Natsuko
Show: Tons de Outono

26/2 – 16h às 18h – germânicos
Palestra: Willi Bolle e Daniela Rothfuss
Show: Ecos do Reno e do Danúbio

12/3 – 16h às 18h – húngaros
Palestra: Eva Piller e Anna Verônica Mautner
Shows: Karikaso – danças cantadas

19/3 – 16h às 18h – andinos
Palestras: Sidney Antonio da Silva e Jobana Moya
Show: Terras Altas

26/3 – 16h às 18h – judeus
Palestras: Maria Luiza Tucci Carneiro e Boris Fausto
Shows: música judaica – Ashkenasi e Sefaradi

2/4 – 16h às 18h – espanhóis
Palestras: Anna Tomé e Elena Pajaro Peres
Show: Recuerdos, lembranzas, lembranças

9/4 – 16h às 18h – poloneses
Palestras: Edith Gross Hojda e Krystyna Kasperowicz
Shows: Gritos das Montanhas

16/4 – 16h às 18h – portugueses
Palestras: Antonio Claret e Sônia Maria de Freitas
Shows: Cantas, danças e guitarradas

30/4 – 16h às 18h – coreanos
Palestras: Yoo Na Kim e Maria Ruth Amaral de Sampaio
Show: Tradições Coreanas em São Paulo

7/5 – 16h às 18h – africanos
Palestras: Maria Lúcia Montes e Salloma Salomão
Show: Comboio Atlântico

Fontes:

Biblioteca Mario de Andrade

www.arqbacana.com.br

http://guia.folha.com.br/passeios/ult10050u864170.shtml