AURORA

No Gravatar

Aurora
irrompe,
saúda,
afaga.
Finge
descrença
no leito
de morte.
Vira,
revira,
desvira.
Vive,
revive,
desvive.
Mas
cortam-te
os raios
sorridentes.
Simula
feliz
descas
Ocaso:
saudade
interrompida.